Skip to main content
Cinema

Viver à margem

‘Viver à Margem’ é um filme que nos transporta à busca de empatia, compreensão com alguém que se deixou escorregar “para fora” da sociedade.

Liturgia

Mediadores

É este o caminho que o papa Francisco vem apontando repetidamente a todos nós, quando, através dos verbos "primeirear", "envolver-se", "acompanhar",...

Família Espiritana

Cor Unum et Anima una

Boletim para a causa de beatificação de Cláudio Poullart des Places e Francisco Libermann - Maio de 2016

Angola

Católicos Angolanos celebram com Arcebispo de Malanje

D. Benedito Roberto, manifestando a sua alegria e gratidão a Deus por ver os fiéis angolanos na diáspora portuguesa a consolidarem cada vez mais as...

Ação Missionária

Timor, sempre!

Timor não é um país perdido ali na linha limite da Ásia e da Oceânia. É uma terra que tem um povo corajoso e crente que conseguiu a sua independência...

SEGUNDA-FEIRA da semana IX

Verde – Ofício da féria. Missa à escolha (cf. p. 18, n. 18). L1 2 Pedro 1, 2-7; Sal 90 (91), 1-2. 14-15ab. 15c-16 Ev Mc 12, 1-12 * Na Ordem Franciscana (II Ordem) – B. Baptista Varano, virgem, da II Ordem – MF * Na Congregação da Missão e na Companhia das Filhas da Caridade – B. Marta Wiecka, virgem – MO * Nas Filhas de Maria, Mãe da Igreja – B. Matilde do Sagrado Coração Téllez Robles, Fundadora da Congregação – FESTA * Na Diocese de Beja (Sé) – I Vésp. do aniversário da Dedicação da Igreja Catedral. * Na Ordem da Visitação de Santa Maria – I Vésp. da Visitação de Nossa Senhora. * Na Congregação das Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus – I Vésp. de Nossa Senhora do Sagrado Coração de Jesus.

Consagrados ao Espírito Santo

Os Espiritanos nasceram a 27 de Maio

Cristo, o rosto da misericórdia

“Jesus Cristo é o rosto da misericórdia do Pai”. É deste modo que começa a Bula com que o Papa Francisco proclamou o Ano da Misericórdia para toda a Igreja.

No coração do Santo Padre está o desejo que a Igreja se torne hoje e cada vez mais o “sinal eficaz do agir do Pai”, que se vê no rosto de Cristo – “Quem me vê, vê o Pai”.

Ação Missionária

De Portugal à China

por Lúcia Pedrosa

Macau, no Rio das Pérolas

LIAM

Assembleia Diocesana no Campus Misericordiæ

A LIAM de Viana do Castelo caminhou de mãos dadas com a sua diocese, inserindo-se na iniciativa “Campus Misericordiæ”

Angola

Angola em reconstrução

por Pe. Tony Neves

Angola celebrou 40 anos de independência. A guerra terminou em 2002, mas os efeitos prolongados ainda se sentem de norte a sul. Há sinais mais e sinais menos a marcar a actualidade deste país...

Aniversários Espiritanos 30 de Maio

Libermann 1846: Libermann encontra em Lião Pauline Jaricot, fundadora das Obras Missionárias Pontifícias (OPM).

C.S.Sp. 1851: Numa carta a Dom Salier, o P. Libermann define as obras com as quais a Congregação se poderia comprometer em França, depois da prioridade dada às missões: pregação nas paróquias rurais, trabalhos entre os operários e os pobres, retiros.

Martínica 1902: Nova erupção da montanha Pelée; destruição do ‘Morne-Rouge’ e morte do P. Mary.

Guiné 1967: De 30.05 a 02.06, todos os padres e religiosas não africanos deixam a Guiné, depois da sua expulsão decretada pelo Presidente da República, Ahmed Sékou TOURE.

Estar em missão, é portanto encontrar um mistério que abraça todo o universo, toda a história e todos os povos: olhar, contemplar, discernir, escutar, aprender, responder, colaborar. O modo fundamental duma tal missão é o diálogo com Deus e com os homens e mulheres. Uma tal missão espera, confia. É respeitosa. Não é impaciente, nem agressiva.

M. Amaladoss,s.j., Planète-Mission, Lourdes 1994